DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES – MULHERES NO PODER > INDIRA PRIYADARSHINI GANDHI – INDIA (categoria: Artigos)

Postado por Rita de Cássia ligado fev 27, 2016 em Artigos / Crônicas, ENGLISH TEXT | 0 Comentários

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


“A solidez econômica de uma nação se mede, em última análise, por aquilo que ela pode fazer por si mesma, e não por poder contrair empréstimos internacionais.”


INDIRA PRIYADARSHINI GANDHI, Primeira-Ministra da Índia entre 1966 e 1977 e entre 1980 e 1984.


Nascimento: 19 de novembro de 1917, Allahabad, Índia
Assassinado em: 31 de outubro de 1984, Nova Deli, Índia
Cônjuge: Feroze Gandhi (de 1942 a 1960)
Filhos: Rajiv Gandhi, Sanjay Gandhi
Filiação: Jawaharlal Nehru, Kamala Nehru
Prêmios: Bharat Ratna, Prêmio Jawaharlal Nehru para Compreensão Internacional, Prêmio Lenin da Paz
Partido Congresso Nacional Indiano
Discurso na noite em que foi assassinada:
“I don’t mind if my life goes in the service of the nation. If I die today, every drop of my blood will invigorate the nation», ou seja, «Não me importa se perco a vida ao serviço da nação. Se morrer hoje, cada gota de meu sangue revigorará a nação.»


Fonte: INDIRA GANDHI BIOGRAPHY


*


Indira-GandhiIndira Gandhi née: Nehru; (19 November 1917 – 31 October 1984) was the Prime Minister of the Republic of India for three consecutive terms from 1966 to 1977 and for a fourth term from 1980 until her assassination in 1984, a total of fifteen years. She was India’s first female Prime Minister.


In 1999, she was voted the greatest woman of the past thousand years in a poll carried by BBC news, ahead of other notable women such as Queen Elizabeth I of England, Marie Curie and Mother Teresa.


Born in the politically influential Nehru dynasty, she grew up in an intensely political atmosphere. Despite the same last name, she was of no relation to the statesman Mohandas Gandhi. Her grandfather, Motilal Nehru, was a prominent Indian nationalist leader. Her father, Jawaharlal Nehru, was a pivotal figure in the Indian independence movement and the first Prime Minister of Independent India. She was brought up in an environment with great exposure to the political figures of the day, and was particularly influenced by her father. She once said: “My father was a statesman, I’m a political woman. My father was a saint. I’m not. ” In one early photograph (above), she was sitting at the bed of of Mohandas Gandhi as he recovered from one of his fasts.


In 1937, she passed the Oxford entrance exam and studied at Somerville college, Oxford. At university she was often subject to ill health, and returned to India without completing her degree – though later she was conferred an honorary degree by Oxford.


On returning to India from Oxford in 1941, Indira became involved in the Indian Independence movement. Between 1947 and 1965, she served in her father (J.Nehru’s) government. Although she was unofficially acting as a personal assistant, she wielded considerable power within the government. After her father’s death in 1964, she was appointed as Minister of Information and Broadcasting in Lal Bahadur Shastri’s cabinet. Shortly after, Shastri died unexpectedly, and with the help of Congress Party President, K. Kamaraj Indira Gandhi was chosen to be the new Prime Minister of India.


Gandhi attracted significant electoral popularity helped by her personality and populist economic measures. She introduced more left-wing economic policies and sought to promote agricultural productivity. In 1971, she led India to a decisive victory in war with Pakistan; and in 1974, India completed their own nuclear bomb. However, in the early 1970s, the Indian economy suffered from high inflation, falling living standards, and combined with protests over corruption, there was great instability that led her to impose a state of emergency in 1975. In the state of emergency, political opponents were imprisoned, constitutional rights removed, and the press placed under strict censorship. This gave her a reputation for being authoritarian, willing to ignore democratic principles.


Her son Sanjay Gandhi was also increasingly unpopular as he wielded substantial powers, such as slum clearance and enforced sterilisation to deal with India’s growing population. In 1977, against a backdrop of economic difficulties and growing disillusionment, Indira Gandhi lost the election and temporarily dropped out of politics.


However, she was returned to office in 1980. But, in this period, she became increasingly involved in an escalating conflict with Sikh separatists in Punjab. She was later assassinated by her own Sikh bodyguards in 1984 for her role in storming the sacred Golden Temple.


Fonte: Citation: Pettinger, Tejvan. (G+) “Biography Indira Gandhi“, Oxford, www.biographyonline.net, 11th March, 2009


*


Indira Gandhi Biografia


Indira Gandhi- Indira Gandhi Nee: Nehru; (19 de novembro de 1917 – 31 de outubro 1984) foi o primeiro-ministro da República da Índia por três mandatos consecutivos 1966-1977 e para um quarto mandato de 1980 até seu assassinato em 1984, um total de quinze anos. Ela foi a primeira mulher primeiro-ministro da Índia.


Em 1999, ela foi eleita a melhor mulher dos últimos mil anos em uma pesquisa realizada pela BBC news, à frente de outras mulheres notáveis, como a rainha Elizabeth I da Inglaterra, Marie Curie e Madre Teresa.


Nascido na dinastia Nehru politicamente influente, ela cresceu em uma atmosfera intensamente política. Apesar do mesmo sobrenome, ela não tinha nenhuma relação com o estadista Mohandas Gandhi. Seu avô, Motilal Nehru, foi um proeminente líder nacionalista indiano. Seu pai, Jawaharlal Nehru, foi uma figura central no movimento de independência indiana e primeiro primeiro-ministro da Índia independente. Ela foi criada em um ambiente com uma grande exposição às figuras políticas da época, e foi particularmente influenciado por seu pai. Ela disse uma vez: “Meu pai era um homem político, eu sou uma mulher política. Meu pai era um santo. Eu não. “Em uma fotografia cedo (acima), ela estava sentada na cama da de Mohandas Gandhi enquanto ele se recuperava de um de seus jejuns.


Em 1937, ela passou no vestibular Oxford e estudou na faculdade de Somerville, Oxford. Na universidade, ela era frequentemente sujeitos a problemas de saúde, e voltou para a Índia sem concluir a sua licenciatura – embora mais tarde ela foi conferido um grau honorário por Oxford.


Ao voltar para a Índia a partir de Oxford em 1941, Indira se envolveu no movimento de independência indiana. Entre 1947 e 1965, atuou em seu pai do governo (de J.Nehru). Embora ela foi oficialmente atuando como um assistente pessoal, ela exercia um poder considerável dentro do governo. Após a morte de seu pai em 1964, ela foi nomeada como o ministro da Informação e Radiodifusão no gabinete de Lal Bahadur Shastri. Pouco depois, Shastri morreu inesperadamente, e com a ajuda de Congresso do Partido presidente, K. Kamaraj Indira Gandhi foi escolhido para ser o novo primeiro-ministro da Índia.


Gandhi atraíram popularidade eleitoral significativa ajudado por sua personalidade e medidas econômicas populistas. Ela introduziu políticas económicas mais de esquerda e procurou promover a produtividade agrícola. Em 1971, ela levou a Índia a uma vitória decisiva na guerra com o Paquistão; e em 1974, na Índia concluído a sua própria bomba nuclear. No entanto, no início de 1970, a economia indiana sofreu com inflação alta, queda do nível de vida, e combinado com protestos contra a corrupção, houve grande instabilidade que a levou a impor um estado de emergência em 1975. No estado de emergência, adversários políticos foram presos, direitos constitucionais removido, ea imprensa colocado sob estrita censura. Isso lhe deu a reputação de ser autoritário, dispostos a ignorar os princípios democráticos.


Seu filho Sanjay Gandhi também foi cada vez mais impopular como ele exercia poderes substanciais, como a remoção de favelas e esterilização forçada a lidar com a crescente população da Índia. Em 1977, num contexto de dificuldades económicas e crescente desilusão, Indira Gandhi perdeu a eleição e caiu temporariamente fora da política.


No entanto, ela foi devolvida ao escritório em 1980. Mas, neste período, ela tornou-se cada vez mais envolvido em uma escalada do conflito com os separatistas sikhs no Punjab. Ela mais tarde foi assassinada por seus próprios guarda-costas sikhs em 1984 por seu papel em invadir o templo sagrado de Ouro.


Citação: Pettinger, Tejvan. (G +) “Biography Indira Gandhi”, Oxford, www.biographyonline.net, 11 mar 2009

Fonte: www.biographyonline.net/…/indira-gandhi.html

Deixe um comentário:

22 + 17   é igual a   »
Deixe estes dois campos como estão:

IMPORTANTE!
Para enviar seu comentário é preciso informar a resposta ao cálculo acima.