“MÁRIO QUINTANA” – por Santa Catarina Fernandes da Silva – (categoria: Outros Autores)

Postado por Rita de Cássia ligado mai 23, 2017 em Outros Autores | 0 Comentários

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MÁRIO QUINTANA


Por Santa Catarina Fernandes da Silva

 


“Um poeta satisfeito não satisfaz”


Disse o poeta muito tempo atrás!


A procura de autossuperação


Que permeia os dias,


Causa aceleração


Na bomba que segura a vida


E a agonia jaz.

 


Tenta jogar a alma nas mãos


Que rabiscam papéis brancos


Os olhos espalham jatos de água brandos espremidos


Num soluço cortado num sorriso doído!


A alma não sai, está trancada entre paredes transparentes,


Invisíveis, insensíveis,


E as letras procuram caminhos


Que estão fechados, como floresta virgem!


Para no limite da viagem mental!


Ouve sons, há pássaros,


Eles cantam!


Correntes de água, barulhar de pedras


Se misturam com os pássaros numa singela canção!


Bate o vento, os galhos mexem


Murmuram e se abraçam e se unem


Com a terna melodia da mata fechada!



Um barulho rasteja entre folhas secas


Alguma criatura vivente caminha na mata densa!


Raios de luz tentam fecundar o tapete vende


Mas as árvores impedem a sua passagem!


E suas sombras imperam!


Cai a noite, a lua agasalha o escuro e ele adormece!


Tudo é pleno lá for a!


É a passagem do tempo brincando com a natureza


Que segue seu curso sem questionamentos.


Neste universo de carne, músculos, sangue,


Uma alma frenética escreve e risca os


Caminhos de seus sentimentos.

 


Lá for a há harmonia


A alma entra e sai


Por labirintos não navegados


Sem necessidade das pernas


Que cruzadas, inertes,


Esperam as resposta das mãos que


Nervosamente despejam frases desconexas!

 


Por quê?


Porque na madrugada ela foi visitada


Pelo poeta Mário Quintana que assim a ensinava:


Não precisa do “muito” para acrescentar no feliz


A palavra “feliz” não precisa do advérbio de intensidade


Ela se basta! Ela é “Plena”


Na plenitude dessa palavra


Minha alma procura a felicidade


Minha alma procura a felicidade!


Ou estaria eu dentro dela?

 

*


ENTRELINHAS LITERÁRIAS – Antologia Scortecci de Poesias, Contos e Crônicas, SCOR-Editora-TECCI, 2011
*
Santa Catarina Fernandes da Silva > formada em Letras e Direito.

Deixe um comentário:

3 + 19   é igual a   »
Deixe estes dois campos como estão:

IMPORTANTE!
Para enviar seu comentário é preciso informar a resposta ao cálculo acima.